Todo dia é dia de querer viver sem medo

Se tem um trem que me tira mais tempo do que deveria, é assistir aos monólogos e entrevistas do The Late Show with Stephen Colbert. Tá quase chegando ao nível de vício. Numa entrevista semana passada, Stephen perguntou ao Roy Wood Jr, que é negro e comediante, o que ele vai ensinar ao filho que acabou de nascer. Ele respondeu “a primeira coisa que vou … Continuar lendo Todo dia é dia de querer viver sem medo

Como ser famoso na internet, por Miranda Sings

A receita de Miranda Sings para o estrelato é muito simples: acredite no seu talento; em hipótese alguma aceite não como resposta; priorize seus sonhos acima de qualquer coisa; seja completamente alheio às pistas que as pessoas dão no convívio social, tais como sarcasmo e ironia; por fim, não leve a sério ninguém que queira apontar suas falhas – é tudo recalque. Seguindo à risca … Continuar lendo Como ser famoso na internet, por Miranda Sings

C.S. Lewis e porque nós não superamos FRIENDS

Há 12 anos (sim, 12 e você está velho demais) foi ao ar o último episódio da série Friends. Confesso que, em pleno 2016, a série ainda é minha companhia de almoços solitários pela semana. Mas, apesar de o meu irmão constantemente me lembrar de que há milhares de séries novas e interessantes para assistir (obrigada Netflix!), e questionar quando vou superar os anos 90 … Continuar lendo C.S. Lewis e porque nós não superamos FRIENDS

Arte que aponta pra vida, arte que aponta pra morte

Rami Malek e Christian Slater estão para “Mr. Robot” (2015-, USA) assim como Edward Norton e Brad Pitt estão para “Clube da Luta” (1999). Talvez com um pouco mais de carisma e um pouco menos de paranoia. O seriado, que foi uma das melhores estreias do ano passado, levando o Globo de Ouro de melhor série dramática, tem vários elementos que remetem ao filme de … Continuar lendo Arte que aponta pra vida, arte que aponta pra morte

As iguarias do rei e as ruas do Bronx

A juventude é uma coisa louca de se viver, tô nessa aí há algum tempo e ainda tô tentando entender como se faz. Tem gente séria tentando analisar tudo pra dar um parecer decente e fazer dessa fase da vida algo maior do que vestibular, primeiro emprego e Kinder Ovo (saudades da época que era um real. Sim, já foi um real. Vinte anos atrás, … Continuar lendo As iguarias do rei e as ruas do Bronx

A simplicidade da vida cristã em The Big Bang Theory

Howard: No meio do ano vou à estação espacial internacional.   Mary: Meu Deus, uma viagem para o céu! Se quiser viver lá eternamente tenho um bom livro que poderia ler. Quando se trata de séries, muitos cristãos ficam com o pé atrás, por considerarem esse um passatempo viciante para a maioria e também vazio. The Big Bang Theory, uma comédia cujo nome remete àquela … Continuar lendo A simplicidade da vida cristã em The Big Bang Theory

A primeira regra de Mr. Robot é assistir a Mr. Robot

O que é que te prende? Frente a isso, o que pode te libertar? Para Mr. Robot, a melhor série estreante de 2015 (seguida de pertinho por UnREAL), a sociedade está presa às amarras do sistema econômico e a libertação viria da queda do maior representante dessa estrutura, o conglomerado Evil Corp (E-Corp para os íntimos), através das ações do F Society, um grupo de hackers … Continuar lendo A primeira regra de Mr. Robot é assistir a Mr. Robot

O adeus simples de quem é para sempre

O viver pleno contempla sonhos mil, grandes desejos por amores e edificações para fazer do nosso nome maior do que toda efemeridade do existir no tempo que se chama hoje. Ora, o que temos hoje enfim? O autor do Eclesiastes nos diria para comermos das delicias, amarmos o amor da mocidade, bebericar o que nos faz mais alegres e conversar, sim, sentar na roda de … Continuar lendo O adeus simples de quem é para sempre

A catarse comum de Marina Person

Década perdida é o apelido maldito dos anos 80 no Brasil, pode se caber tal expressão se fizermos uma análise política e econômica do período que teve muita tensão com o fim do governo militar, por conseguinte a abertura política, uma moeda muito instável e por aí vai, mas sinceramente, não é isso que te dirá aquele que foi jovem nessa época. Eu só vim … Continuar lendo A catarse comum de Marina Person