Amar é sempre ser vulnerável. Até na arte.

Um dos meus maiores receios na hora de pensar em tatuagem é que enjoo muito rápido das coisas, então me comprometer com um desenho ou uma frase permanentemente marcados no meu corpo pode ser um tiro pela culatra. Mas se tem uma frase da qual nunca vou me enjoar é “Amar é sempre ser vulnerável”. E não necessariamente pela beleza estética dessa junção de palavras, … Continuar lendo Amar é sempre ser vulnerável. Até na arte.